quinta-feira, 6 de maio de 2010

O Dia do Artista Plástico

O Dia do Artista Plástico foi escolhido como uma homenagem ao pintor José Ferraz de Alencar Junior, nascido no dia 8 de maio de 1851, na cidade de Itu, estado de São Paulo. Almeida Junior teve uma carreira rica, estudou na Academia Imperial de Belas-Artes, onde foi aluno de Victor Meireles. Formou-se na Escola Superior de Belas-Artes de Paris e faleceu no dia 13 de novembro de 1899, em Piracicaba - SP.



imagem quadro abstrato do artista plastico FERNANDO ANTONIO


"O POETA E O PINTOR "

A arte de escrever e pintar"
O poeta encanta escrevendo amor.
O pintor encanta, pintando amor.
O poeta e o pintor não têm diferença.
Cada um segue sua crença.
Acreditando em sua obra, mostrando
Em seus requisitos o que lhe é bonito.
Ambos fazem poesia, pintando e recitando..
O poeta escreve pintando a vida.
O pintor pinta fazendo poesia.
O poeta pinta seus sonhos.
O pintor cria sonhos aos olhos.
Na tela o pintor joga suas tintas
Para fazer de seus desenhos
O mundo mais colorido atraído.
Uma bela poesia saída do pincel.
No papel o poeta junta suas letras
Fazenda do poema e poesia.
Uma forma das pessoas
Viverem um pouco de fantasia.
O poeta e o pintor têm a mesma intenção
Em seus trabalhos jogar a poesia no coração.
O pintor ao deslizar o pincel,
Faz da poesia uma grande aquarela.
O poeta com seu escrever,
Faz de seu poema a tela mais linda de se ver!
Imagine agora, poeta e pintor,
Colocando em nosso mundo,
Um pouco de fantasia e cor.
Na tela ou na poesia!
Ambos passam a magia.
Ambos precisam de inspiração.
Ambos atingem a visão e o coração
Do leitor e do apreciador
Ambos são poetas...!
*-* Anna A Flor de Lis.









Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

José Ferraz Almeida Júnior
Almeida Júnior
José Ferraz Almeida Júnior

Auto-retrato, 1878
Nascimento8 de maio de 1850
Itu
Morte13 de novembro de 1899
Piracicaba
Nacionalidadebrasileira
Ocupaçãopintorprofessor
Magnum opusO Derrubador BrasileiroCaipira Picando FumoA Partida da Monção;Saudade
Movimento estéticoacademicismo brasileiro; realismo
José Ferraz de Almeida Júnior (Itu8 de maio de 1850 – Piracicaba13 de novembro de 1899) foi um pintor e desenhista brasileiroda segunda metade do século XIX. É frequentemente aclamado pela historiografia como o precursor da abordagem de temáticaregionalista, introduzindo assuntos até então inéditos na produção acadêmica brasileira: o amplo destaque conferido a personagens simples e anônimos e a fidedignidade com que retratou a cultura caipira, suprimindo a monumentalidade em voga no ensino artístico oficial em favor de um naturalismo.[1]
Foi certamente o pintor que melhor assimilou o legado do Realismo de Gustave Courbet e de Jean-François Millet, articulando-os ao compromisso da ideologia dos salons parisienses e estabelecendo uma ponte entre o verismo intimista e a rigidez formal do academicismo, característica essa que o tornou bastante célebre ainda em vida.[2] De forma semelhante, sua biografia é até hoje objeto de estudo, sendo de especial interesse as histórias e lendas relativas às circunstâncias que levaram ao seu assassinato: Almeida Júnior morreu apunhalado, vítima de um crime passional.[3]
O Dia do Artista Plástico brasileiro é comemorado a 8 de maio, data de nascimento do pintor.

Índice

 [esconder]


Biografia

Um comentário:

  1. Parabéns por essa iniciativa de postar comentários sobre arte e artistas...A gente sempre aprende um pouco mais!
    Bia.

    ResponderExcluir