sábado, 5 de junho de 2010

Vik MUNIZ CRIA ARTE DE TUDO O SONHO DE TODO ARTISTA

O artista plástico paulistano radicado em Nova York Vik Muniz é conhecido mundialmente pelo uso de elementos inusitados para criar suas obras de arte. Desde objetos pouco nobres como restos de papel, ferro velho e lixo, até os luxuosos diamantes e pedras preciosas, passando por produtos do dia-a-dia como eletrodomésticos, brinquedos e alimentos, qualquer coisa.
É com muita alegria que vejo a mídia do Brasil reconhecer as artes visuais.









                                                                                                                                     

                                                                                                                             Fernando Antonio
Vik Muniz

Vik Muniz

  Do G1, em São Paulo
O videoclipe de abertura da novela “Passione” terá assinatura de grife. O badalado artista plástico Vik Muniz é o autor das obras que serão exibidas diariamente no horário nobre a partir da próxima segunda-feira (17), data de estreia da trama do autor Silvio de Abreu.
  •  
Imagem mostra obra de Vik Muniz que vai fazer parte da abertura da novela PassioneObra que Vik Muniz criou especialmente para a abertura da novela 'Passione'. Instalação foi filmada pela equipe de Hans Donner e será exibida diariamente a partir de segunda (17). (Foto: Divulgação/TV Globo)

Paulistano radicado em Nova York, Muniz ganhou fama internacional com suas telas e esculturas feitas de alimentos, páginas de revistas, monitores de computador e até diamantes.
“Sou filho da cultura de massa. Ter meu trabalho na abertura da novela é como exibi-lo em uma exposição para 80 milhões de pessoas”
Vik Muniz
Entre seus trabalhos mais conhecidos estão as réplicas da Mona Lisa confeccionadas com geléia de morango e pasta de amendoim, do icônico retrato de Che Guevara desenhado com feijão, e a Medusa concebida em um prato de macarrão com molho de tomate.
“Sou filho da cultura de massa. As novelas fazem parte da minha memória afetiva do Brasil”, revela o artista, que vive há quase 30 anos fora do país. “Ter meu trabalho na abertura da novela é como exibi-lo em uma exposição para 80 milhões de pessoas”, comemora Muniz, que já foi tema de mostras no Museu de Arte Moderna de Nova York (Moma) e teve obras adquiridas pelo Metropolitan e o Guggenheim.
A convite de Denise Saraceni, diretora de “Passione”, Muniz produziu três instalações feitas com lixo, a partir da foto de um casal se beijando. As obras foram filmadas pela equipe do designer Hans Donner, autor da edição do vídeo.
A abertura da novela terá como música-tema a faixa "Aquilo que dá no coração", do cantor Lenine.
“A reciclagem é um dos assuntos que 'Passione' vai abordar. E o reaproveitamento do lixo é um tema que vai ao encontro do meu trabalho”, explica o artista, que usou pneus para reproduzir os cachos do cabelo da "musa" que aparece na instalação.
Foto mostra a montagem da imagem que faz parte da abertura da nova novela das 8 da TV Globo, 'Passione'.Vik Muniz utilizou 4,5 toneladas de lixo para produzir a obra que faz parte da abertura de 'Passione'. Obras serão leiloadas para fins beneficentes. (Foto: Divulgação/TV Globo.)

Em “Passione”, o ator Francisco Cuoco interpretará Olavo, um milionário dono de uma empresa de reciclagem, conhecido como “o rei do lixo”. “No lixo é possível encontrar latas e papéis velhos, restos de comida, mas também sei de casos de catadores que acharam jóias jogadas fora. Misturei tudo isso ao pensar na abertura da novela”, completa Muniz.
O artista conta que as obras foram produzidas durante dois meses no ateliê que ainda mantém no Brasil, localizado no bairro carioca de Parada de Lucas. “Foi uma loucura! Caminhões entravam e saíam trazendo material reciclável, cerca de 4,5 toneladas de lixo”.
Muniz conta que as instalações "Passione" serão leioladas e a renda será revertida para os projeto "Criança esperança" e para a ONG "Spetaculu", que promove cursos de arte em comunidades carentes no Rio. "Todo trabalho que desenvolvo no Brasil é voltado para a caridade. Espero que o sucesso da novela ajude minhas obras a arrecadarem uma boa verba para essas instituições", torce.
O artista espera que a abertura de "Passione" entre para a história da teledramaturgia brasileira, como outros vídeos que considera "inesquecíveis". "Como era incrível a abertura 'Selva de Pedra'!", recorda Muniz, citando a novela de Janete Clair, que foi ao ar 1986. "Adorava ver a imagem daqueles prédios brotando do chão, refletindo a imagem do Tony Ramos..."
http://www.vikmuniz.net/

http://www.youtube.com/watch?v=8Nde2zc54Yk

Nenhum comentário:

Postar um comentário